Todos os direitos reservados

Violeiro do Brasil

Claudivan Santiago nasceu na região Norte do Tocantins. Cantor, compositor, jornalista, produtor musical, arranjador e violeiro caipira, teve o seu primeiro contato com a viola aos 12 anos, quando ganhou de sua avó paterna uma violinha de buriti. Aos 15 anos começou a tocar guitarra e a cantar na banda de baile do seu pai. Atuou também como músico acompanhando duplas sertanejas, bandas de pagode e de axé e grupos de MPB. Venceu por duas vezes um dos maiores festivais do Tocantins, o Festival Aberto do Bico do Papagaio (FABIP), em 1999 e 2001, ano em que gravou o seu primeiro disco. 

Radicado em Brasília, desde 2005 dedica-se ao estudo da viola caipira. Possui cinco discos autorais gravados: Menina dos Olhos (2002), Poesia Inviolada (2008), Viola Pura Viola, disco vencedor do Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira 2013, na categoria Melhor CD Instrumental, Estrela do Tempo (2016) e Guerra dos Mundos (2020). Músico autodidata e multi-instrumentista, é considerado uma das revelações da moderna música caipira brasileira.